fbpx

Quando o país passa por um momento favorável, é natural que as empresas dentro dele consigam se desenvolver com mais facilidade — o que dificilmente acontece em momentos ruins. Veja a revelação da minha estratégia para crescer em um momento de crise!

Crise dentro ou fora da empresa

A crise pode surgir dentro ou fora da empresa. Se for algo interno, é a empresa que está em crise, mas, se for algo do lado de fora, é a crise da região ou do país que está prejudicando a sobrevivência e, é claro, o lucro da empresa. Ambos são ruins, mas não é o fim do mundo, pois podem ser driblados.

A construção e destruição da marca

A reputação de uma marca pode demorar anos para ser construída, mas apenas instantes para sua destruição. E o maior perigo mora quando a reputação da empresa está bem baixa, pois, por conta da fragilidade dela, é possível acabar fechando as portas de uma hora para outra.

Por isso, é importante preservar a reputação do negócio, e todo mundo sabe que nos momentos de crise a reputação das empresas pode ficar mais baixa e mais difícil de ser erguida.

Mas o lado bom de tudo é que há uma forma de crescer nos momentos de crise.

O que as empresas fazem nos momentos de crise?

Boa parte das empresas que enfrentam momentos de crise, sendo dentro ou fora do negócio, age de maneira bastante equivocada com o objetivo de obter lucro: diminui diversos tipos de gastos, como os de marketing e serviços de publicidade.

Tem, portanto, o objetivo de se livrar do peso da crise por meio da diminuição dos gastos como esses, mas nisso comete um grande erro que depois pode se voltar contra esses negócios.

O que eu fiz em um momento de crise

Enquanto outras empresas cortavam verba dos serviços de marketing, eu fiz o extremo oposto: aumentei ainda mais os gastos com esse tipo de necessidade — porque é uma necessidade —, de forma que permaneci crescendo enquanto as empresas dos concorrentes ficavam para trás.

E acredito que é isso que você deve fazer também. Se o concorrente acaba com os investimentos na publicidade, não tem como se promover; mas, se você fizer o mesmo que ele, estará no mesmo patamar e provavelmente sofrerá também com os efeitos da crise.

Seguindo essa dica, é possível atrair os clientes das empresas concorrentes para a sua.

Não invista em qualquer tipo de marketing

Quando falo em investir em marketing, peço para que você tome cuidado com o tipo de marketing em que está investindo. É preciso encontrar uma estratégia que satisfaça as necessidades da empresa, suprindo suas carências e procurando o desenvolvimento do negócio.

Para isso, é preciso estudo. Se você é especialista na área ou acha que consegue mapear o que a empresa precisa, faça isso; caso não, fale com um profissional para lhe ajudar nessa questão.

Somos uma grande fabricante de ímãs de geladeira que conta com qualidade no atendimento e bom preço em nossos produtos. Visite o nosso site e confira mais informações sobre nossa empresa!

FONTES:

https://www.meioemensagem.com.br/home/opiniao/2017/04/17/10-coisas-para-pensar-em-momentos-de-crise.html